Página Principal Revista EBS

Destaque no Marketing

Poliana Sousa Diretora de Marketing da P&G
Poliana Sousa, Diretora de Marketing da P&G - Foto: Arthur Nobre/MM
Confira entrevista com Poliana Sousa, um dos principais nomes do marketing no Brasil

Poliana Sousa, Diretora de Marketing da P&G, é um dos principais nomes da área no Brasil – ela está entre os dez Executivos de Marketing Mais Influentes do Mercado pelo ranking Mlist, produzido pela Agência Gume em parceria com a ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) e a Folha de S. Paulo. Nesta entrevista, Poliana fala sobre transformações no mercado, evolução profissional e muito mais.

Revista EBS: Como o profissional pode evoluir na área, seguindo o mesmo nível de evolução que o marketing e a publicidade vêm passando?

Poliana Sousa: O mercado de comunicação vive em constante mudança, e o profissional deve seguir essa linha. O profissional de marketing de sucesso hoje é diferente do profissional de alguns anos atrás. Hoje ele é um profissional de business, que entende de finanças, logística e vendas. Ele precisa saber se comunicar desde a hora que o produto está sendo desenvolvido até chegar ao ponto de venda e ao consumidor, ou seja, precisa ser um profissional completo, além de estar sempre antenado e ser curioso para não perder as inovações e mudanças que acontecem no dia-a-dia.

Revista EBS: O que mudou no cenário do marketing das grandes empresas, diante do quadro de crise no Brasil? Quais as transformações estratégicas que as marcas tiveram de passar sem perder a inovação?

Poliana Sousa: Durante o período de crise, a P&G foi na contramão do que muitas empresas optaram por fazer. Mantivemos o investimento em produtos de maior valor agregado, fomos ainda mais a fundo no entendimento do consumidor, investimos em marketing, aumentamos nosso time de vendas e reforçamos nosso relacionamento com o varejo. Revisamos as nossas comunicações e o jeito que falamos com nosso consumidor, utilizando a linguagem certa e o canal certo e investindo corretamente.

Podemos usar como exemplo o case de Cabelo Pantene com o qual, fugindo das tradicionais propagandas de TV ou internet normais, lançamos um reality show, ou seja, inovamos na forma de nos comunicarmos e passaras mensagens que precisávamos para o nosso público-alvo.

Revista EBS: Qual o panorama do uso da Inteligência Artificial no marketing?

Poliana Sousa: A P&G está, globalmente, aprendendo sobre essa área, na qual a gente vem explorando novas ideias principalmente em nossos planos de mídia e ferramentas de análise. 2017 foi um despertador, onde a mídia que conhecíamos passou por uma onda de transformação profunda. Agora, temos que avançar para o próximo nível, e esses avanços só serão possíveis graças à inteligência artificial e outras ferramentas tecnológicas nas quais a P&G vem investindo fortemente. É a hora de intensificar nossos esforços de marketing e pensar além, pensar na aplicabilidade da inteligência artificial em assuntos como sustentabilidade, ética e diversidade, que desde sempre estão no coração de tudo o que fazemos.

Revista EBS: O que o profissional de marketing precisa para ter sucesso em sua carreira? A formação acadêmica basta?

Poliana Sousa: Não existe um profissional de marketing que não é curioso. Curiosidade é uma das principais características que esse profissional precisa ter. Além disso, precisa ir além da formação acadêmica. É necessário que ele busque sempre estar atualizado das tendências e novidades do mercado, saber fazer o “arroz e feijão”, mas também ir além, se aprofundando e se modernizando constantemente.

Revista EBS: Quais são as principais dicas para um futuro profissional de marketing?

Poliana Sousa: Como eu disse acima, o profissional de marketing (e o futuro profissional) precisa ser curioso e estar sempre atento às novidades do mercado, que tem se mostrado bem inovador nos últimos anos. Estar apenas nos livros não é suficientemente inspirador para os jovens de hoje. Eles devem ir em busca de causas verdadeiras e levantar as bandeiras que acreditam.

Revista EBS: Machismo e preconceito estão muito presentes na área? O que é preciso para reduzirmos a desigualdade presente nas empresas e na sociedade?

Poliana Sousa: Para continuar na luta pela igualdade, acredito que nós mulheres precisamos nos unir. Uma vez, escutei em uma palestra um ditado que eu acredito fielmente “existe um lugar muito especial no inferno para uma mulher que não ajude outra mulher”. Para mim, isso faz todo o sentido. Por isso, precisamos entender as barreiras de hoje e, somente se estivermos unidas, vamos conseguir quebrá-las. Por outra parte, na P&G levamos muito a sério essa questão, e globalmente trabalhamos para conseguir alcançar igualdade de gênero em diferentes esferas, por exemplo, a través de campanhas como #TipoMenina de Always.

Revista EBS: Como foi o ano de 2017, e o que esperar para 2018?

Poliana Sousa: 2017 foi o ano em que acreditamos que era necessário desafiar o status quo. E tivemos coragem de fazê-lo ao encabeçar um debate mais transparente sobre métricas, levantar bandeiras e inovar na maneira que conversávamos com nossos consumidores. Além disso, mantivemos a transparência na forma que falamos com o mercado. Para 2018, esperamos continuar trabalhando com essa transparência, eficiência e qualidade nas comunicações das nossas marcas e pensar mais em prol do futuro do marketing e da comunicação. Mapear tendências e trabalhar com meios que respeitem o consumidor.

Tags:

Relacionados
Marcelo Flores

Mudanças na educação, no universo dos eventos e no entretenimento

marketing preditivo

O marketing que prevê o futuro

marketing para eventos

Regras essenciais de marketing para eventos

conteúdo gerado por usuários nas redes sociais

O conteúdo gerado por usuários como estratégia de marketing

marketing de eventos

As principais tendências para o marketing de eventos

mobile world congress

Mobile World Congress apresenta novidades para próximos anos

Divulgação - Infobranding

O Livro: Marketing 4.0, por Gabriel Meneses