Noruega: o destino perfeito

Noruega
Foto: Assessoria
O país nórdico é ideal para as viagens de incentivo, eventos e congressos

Nos últimos anos, o segmento de MICE tem apresentado crescimento acentuado em todas as regiões do mundo, acima de 12% conforme dados da Global Meetings and Events Forecast American Express, de 2016. E o Brasil também está inserido neste contexto. Logicamente, a tendência de crescimento do setor vai de encontro às necessidades do mercado corporativo, que busca valorizar e manter seus funcionários comprometidos e motivados. Sabe-se que os viajantes com este perfil são bastante exigentes e que, cada vez mais, esperam atividades e experiências que marquem suas vidas. Para os organizadores e gestores de viagens de incentivo e eventos, além de almejar que essa expectativa seja atendida, outras variáveis são consideradas, como segurança, estabilidade econômica e política, infraestrutura e acesso. Dessa forma, a escolha do destino é de fundamental importância para o sucesso do evento, congresso ou incentivo.

Noruega é de tirar o fôlego

País mais setentrional da Europa, ou seja, localizado no extremo norte do continente, a Noruega encanta seus visitantes com paisagens e fenômenos naturais de tirar o fôlego. Por ser longo e estreito, e possuir um relevo acidentado e uma costa recortada, este país nórdico apresenta uma diversidade de atrações que proporciona atividades para os visitantes durante o ano inteiro. Porém, os meses de inverno, outono e primavera locais são ótimos para conhecer as diferentes regiões do país com mais exclusividade, exibindo também tarifas bastante competitivas.

Principais destinos

A capital norueguesa, Oslo, localizada à sudeste, apresenta um contraste bastante interessante entre o antigo e o novo. Seus muitos museus, como o National Gallery e o Museu do Barco Viking, o Parque de Vigeland, o prédio do Parlamento e o arrojado edifício da Oslo Opera House, são algumas das opções para os visitantes.

Oslo

Foto: Andrea Giubelli – visitnorway.com

Famosos fiordes

Indo para o sudoeste, estão os famosos fiordes, que são de uma beleza impressionante, e também muito acessíveis. Uma cidade que se destaca para o MICE, é Ålesund, que exibe uma das maiores e mais importantes coleções de edifícios em estilo art nouveau da Europa e oferece espaços de eventos para até 800 pessoas, além de experiências incríveis e bons restaurantes.

Próximo a ela, está o Geirangerfjord, patrimônio mundial da Unesco, com seus picos nevados, cachoeiras e bela vegetação. É possível explorá-lo por meio de caminhadas, trilhas, passeios de caiaque, bicicleta, rafting, pesca, cruzeiros e tours de helicóptero.

Na área dos fiordes, são comuns os hotéis históricos, administrados por uma mesma família há várias gerações, como é o caso do Hotel Union, de 1891, situado em Geiranger. Ele possui 197 quartos, uma coleção de carros antigos, excelente restaurante, spa e completa infraestrutura para eventos.

Nessa região, um pouco mais para o sul, encontra-se o Nordfjord, a geleira de Briksdalsbreen e o belíssimo Lodalen Valley. Próximo ao vilarejo de Loen, situa-se o Hotel Alexandra, fundado em 1884. Atualmente, ele possui 337 quartos, um ótimo spa, bons restaurantes, além de espaços de eventos para até 700 pessoas. Abaixo dele, está o Sognefjord ou Fiorde dos Sonhos, o mais profundo e longo fiorde da Noruega. Um de seus braços, o Nærøyfjorden integra, desde 2005, a lista de Patrimônios Mundiais da Unesco. Ele está próximo da charmosa cidade de Flam, que conta com hotéis, restaurantes e cervejaria. A partir de lá, a dica é fazer o Fjord Safari, quando os visitantes colocam roupas quentes e embarcam em pequenos grupos em um bote, que chega muito próximo do fiorde, possibilitando um olhar diferente e muito especial dessas formações.

Fiordes

Foto: CH – visitnorway.com

Beleza e história

De Flam também parte o famoso trem histórico de Flamsbana, rumo à Myrdal, onde existem conexões ferroviárias para Oslo e Bergen. Esta rota é considerada uma das mais bonitas da Europa. Seguindo para o sul, encontra- se a cidade de Bergen, segunda maior do país. Fundada em 1.070, Bergen surgiu durante o período hanseático como um entreposto comercial. Bryggen é o complexo histórico remanescente de maior importância deste período e hoje abriga muitos restaurantes, bares, lojas de artesanato e museus históricos. A cidade é bastante vibrante e 10% de sua população é composta por estudantes.

Natureza exuberante

Próximo à cidade de Bergen, está o Hardangerfjord. Essa área se caracteriza por um relevo bastante acidentado e rochoso, sendo também um local com bastante floração de árvores de frutos na primavera. É ali que se situa o conhecido Trolltunga, um dos penhascos mais espetaculares da Noruega, e a geleira de Folgeffona. As atividades incluem caminhadas e trilhas, de diversos níveis de dificuldade, além de visitas às fazendas de produção de cidra (comuns no local), passeios de helicóptero e trekking no gelo. Nessa área, encontra-se o hotel Ullensvang, de 1846, que possui 168 quartos, excelentes restaurantes, spa e espaços para eventos. Ele possui uma bela vista para o fiorde, que pode ser utilizada para criação de um evento único.

Aurora boreal e o sol da meia-noite

Outra região muito interessante é o norte do país, que está na zona do Círculo Polar Ártico. Nesta área, entre os meses de novembro a março, ocorre o fenômeno da Aurora Boreal, um verdadeiro show de luzes coloridas e vibrantes. Na Noruega, é possível visualizá-la a partir das cidades, uma vez que não há poluição e a iluminação é pouca. Além dessa experiência única, há inúmeras atividades de inverno, como passeios de trenó, caça ao carangueijo-rei, caiaque e pesca no gelo. Outra vivência muito especial é pernoitar em um hotel de gelo. No verão, nessa parte do globo, acontece o Sol da Meia-Noite, quando o sol não se põe. É um período muito animado do ano, com diversas atividades esportivas, como maratonas, campeonatos de golfe, dentre outros. As principais cidades que servem de base para conhecer essa área são Alta, Bodø e Tromsø. Elas são facilmente acessíveis e contam com bons hotéis e espaços para eventos.

Aurora Boreal

Foto: Alex Conu – visitnorway.com

Gastronomia

A gastronomia norueguesa se caracteriza pelo consumo de peixes, especialmente salmão e bacalhau, em postas, crus e defumados. Outra opção são as carnes de caça, como de alce e rena. Há muitos restaurantes renomados e premiados no país, assim como pequenos estabelecimentos e fazendas, que oferecem experiências diferenciadas. Há ainda restaurantes que disponibilizam harmonização com as famosas cervejas norueguesas, ou então, um menu inspirado na culinária tradicional viking.

Cultura

O passado viking permeia bastante a vida na Noruega, sendo possível realizar atividades como a imersão em uma vila viking ou um evento com essa temática. Outro povo importante são os samis, nativos da Lapônia norueguesa, que possuem uma cultura própria.

Os noruegueses são bastante receptivos e solícitos e a maior parte da população é fluente em inglês. A infraestrutura é excelente, com bons e muitos aeroportos, portos, trens e ferries, ou seja, transporte por balsas.

A vida cultural é bastante intensa nas principais cidades, com muitos festivais acontecendo o ano todo. Dentre eles, vale destacar o Ice Music Festival (fevereiro – Geilo), o Holmenkollen Festival (março – Oslo), o Jazz Festival e o Bergen International Festival (maio/junho – Bergen), o Oya Festival (agosto – Oslo), o Festival Internacional de Filmes de Bergen (setembro) e o Concerto do Prêmio Nobel da Paz (dezembro – Oslo). A Noruega também sedia muitos campeonatos esportivos e inúmeros congressos e convenções de diversas áreas de conhecimento.

Uma experiência completa

A grande atratividade, experiências únicas, agenda cultural e esportiva, infraestrutura e serviços, facilidade de acesso e locomoção, segurança e existência de setores econômicos de ponta evidenciam a vocação da Noruega para o MICE e mostram como uma viagem ao destino é realmente marcante, em beleza conhecimento, cultura e qualidade de vida.

Tags: Destino Internacional

Relacionados
Divulgação

África do Sul: uma experiência surpreendente!

Las Vegas na rota do segmento MICE

Las Vegas: Atrativo para o segmento MICE

Vista do alto de Mônaco

Mônaco: o destino que nasceu para o MICE