Página Principal Revista EBS

Os desafios de conciliar a vida profissional e a maternidade

Foto: Shuttersotck
Não existe fórmula secreta para a maternidade, mas tudo fica mais fácil quando aprendemos uma lição...

Publicado em 07/06/2022

Conciliar o trabalho e a maternidade é um dos maiores desafios que nós mulheres enfrentamos durante a nossa vida. Ainda mais quando se trata de mulheres que ocupam cargos de liderança ou em muitos casos trabalham por conta própria, sendo as responsáveis diretas pelo sucesso da empresa e pelo sustento da família. Nesses momentos, nos deparamos com a necessidade de aprender a administrar a vida de empresária e mãe, o que não é uma tarefa nada fácil.

Quando iniciei esse artigo, estava com nove meses de gestação, me preparando para administrar a empresa à distância, e já me deparei com inúmeras situações em que não foi possível controlar ou me antecipar. Um exemplo foi exatamente o prazo para finalizar esse texto: no dia em que programei executar essa atividade, fiquei cerca de 12 horas com contrações e não pude pensar em finalizar o que havia planejado. O aprendizado inicial é de que nem tudo pode ser controlado.

Apesar das dificuldades, abrir mão da carreira para se dedicar apenas ao lar não faz parte dos planos de muitas mulheres. Sabemos que é possível conciliar os dois papéis e ser uma excelente mãe e uma profissional ímpar. Sem romantizar, claro. Mas, para que isso funcione, precisamos aprender a otimizar nosso tempo e fazer as escolhas corretas, para que toda essa entrega não resulte em consequências negativas para a nossa saúde e nem tão pouco para os relacionamentos com as pessoas que amamos.

Fiz um planejamento de cerca de um ano para realizar o sonho de ser mãe e ainda manter a minha carreira de empresária. Pratiquei na vida real um plano de ação para conciliar a vida profissional e a maternidade.

O primeiro passo para encontrarmos esse equilíbrio é entender quais são nossas prioridades. Por mais empenhadas que sejamos, não podemos abraçar o mundo e querer assumir tudo o tempo inteiro. Não é assim na vida e também não deve ser na maternidade. Por isso, ter profissionais qualificados ao seu lado para assumir o papel de líder na sua ausência faz toda a diferença. Prepare-os e delegue-os. Assim como ter uma rede de apoio e dividir as responsabilidades domésticas também é algo que deve ser conversado com antecedência para que possa funcionar bem para todos. É preciso construir e aceitar a rede de apoio. Duas coisas distintas e igualmente desafiadoras.

Agora mesmo enquanto eu finalizo esse texto, meu marido está com meu filho após mamar para que eu pudesse abrir meus emails, analisar dados e revisar as ações estratégicas que estão “rodando” na empresa. As pessoas que estão na linha de frente durante minha “ausência” estão sendo preparadas há algum tempo, com processos bem desenhados: expectativa de papéis e atividades alinhadas para que a essência da empresa continue reverberando, com propósito e foco no cliente. Confiança no time para também aproveitar a jornada e cada minuto de conexão com o “ser” que precisa de todo o amor e atenção.

Outro ponto fundamental é entender que a sua vida não será a mesma após se tornar mãe. Portanto, reorganize sua rotina de acordo com as novas necessidades e tenha em mente que imprevistos acontecem. Aprenda a negociar com o tempo e aceite que tudo bem as coisas não saírem conforme o planejado. É a vida. Não é perfeita.

Não existe fórmula secreta para a maternidade, mas tudo fica mais fácil quando aprendemos a não nos cobrar tanto e a aproveitar cada momento único dessa nova e tão importante fase da nossa vida. Os filhos certamente saberão as mães que somos, atribuladas, sempre desafiadas a entregar o máximo e a sermos melhores em todos os campos. Erramos e vamos errar muito, mas aprenderemos com os erros. Isso é o mais importante.

No mais, o que posso dizer é que não há necessidade de optar por uma ou outra coisa, o “OU” pode ser substituído pelo “E”. Quando há motivação para dar o seu melhor, seja na carreira ou na maternidade, o importante é planejar e também se permitir aproveitar esse momento único e maravilhoso que é dar à luz. Vivenciar a maternidade sem culpa: um dia de cada vez!

Autor(a)

Liliana Bueno

Empresária à frente da Diretoria Operacional da Signature Brasil e mãe do Nicolas. Profundamente dedicada a transformar o atendimento de pessoas e organizações.

Relacionados

Teia Pride Festival transforma região industrial da Mooca no meeting point da semana do orgulho LGBTQIAP+

Agências de Live Marketing são escolhidas por menor preço, constata pesquisa da AMPRO

Digio envolve público do Festival João Rock 2022 com experiências transformadoras

Feira EBS promove mais de 7 mil reuniões nas rodadas de negócios e supera expectativas

Feira EBS começa amanhã e confirma Celso Athayde, do case Expo Favela

A importância de formar uma equipe de vendas vencedora

Feira EBS faz nova chamada de credenciamento para a 20ª edição

Campus Party Brasil é adiada para novembro; evento será no Anhembi, em São Paulo