Página Principal Revista EBS

IFA começa nesta quinta em Berlim com acesso reduzido

O evento segue as orientações do governo local de proibir qualquer evento com mais de 5.000 pessoas até o dia 24 de outubro.

Sob forte esquema de segurança na tentativa de evitar surtos da covid-19, a  IFA (sigla para Internationale Funkausstellung Berlin) realizada em Berlim, na Alemanha, será o primeiro evento presencial realizado em grande escala para a indústria de eletrônicos e eletrodomésticos desde a chegada da pandemia de COVID-19 no início do ano. Este ano, a feira reunirá 180 expositores. Um número muito inferior aos poucos de 2.300 que costumava apresentar antes da pandemia.

A IFA Berlim é a feira mundial de eletrônicos, mais importante e tradicional da Europa. O evento costuma atrair grandes públicos, mas este ano, por conta do coronavírus, será restrita a fabricantes e convidados. A feira acontecerá com base nas rígidas diretrizes de saúde e segurança desenvolvidas em conjunto pelas autoridades de saúde pública alemãs. Nesta edição, estará limitada a receber no máximo, 750 pessoas ao mesmo tempo nos espaços de exposição, que também foram reduzidos.

Jens Heithecker, Diretor Executivo da IFA Berlin destacou o significado e o simbolismo do encontro da indústria deste ano em Berlim: “Quando se trata de fazer negócios, nada supera a conexão pessoal. É por isso que ter IFA 2020 como um evento da vida real é tão importante. É um símbolo para mostrar que juntos podemos olhar para além da pandemia e suas consequências. Há um normal à frente e agora cabe à indústria, aos varejistas, à mídia e aos consumidores construir e moldar o “normal” que é vai surgir. “

Relacionados

EXPO RETOMADA convoca participantes para retestagem de covid

Prefeitura cancela Oktoberfest Blumenau 2021

EXPO RETOMADA reafirma protocolos para retorno seguro dos eventos de negócios

EXPO RETOMADA recebe mais de 800 visitantes testados em Santos

ABCasa Fair volta ao calendário de eventos da capital paulista

Tendências para os Eventos 4.0

ABEOC Brasil tem parceria com Câmara Nacional de Arbitragem de Eventos e Turismo

Setor de eventos se considera preparado para o retorno das atividades, aponta pesquisa