Página Principal Revista EBS

Protagonista da Paixão

Foto: Divulgação / Assessoria
José Salibi Neto acredita que paixão não depende da idade, mas da mentalidade

Publicado em 30/11/2020

Você já parou para refletir em que lugar está o papel da paixão em seus projetos? Já se questionou sobre o seu desenvolvimento pessoal e profissional, e o quanto os seus projetos perpassam por aquilo que realmente lhe dá prazer em fazer?

Foi com base nessa reflexão que eu conversei com José Salibi Neto, em um projeto que intitulei por “Protagonistas da Paixão”. Em nossas reflexões, Salibi Neto, que é coautor do best-seller “Gestão do Amanhã”, entre outros grandes sucessos, e cujo nome é associado à introdução no Brasil dos principais conceitos da Gestão Contemporânea nos últimos 25 anos, frisou a importância da paixão nas competências de pessoas de sucesso.

Foto: Divulgação / Assessoria

Abaixo, algumas linhas desta reflexão:

Apaixonar-se sem emocionar-se demais

Estar amplamente apaixonado por algo pode comprometer nosso olhar para outras coisas importantes que podem estar acontecendo ao nosso lado. É preciso desapego e ter em mente que o mais importante é apaixonar-se pelo cliente, e não pelo produto.

Para Salibi, é preciso permitir-se ver outras coisas, sem perder de vista a paixão. 

Inspirar-se em outras pessoas revisitando novos contextos

Salibi se declarou um bom pesquisador de pessoas de sucesso. Ao longo de sua carreira, dedicou-se a entender o que pessoas de sucesso buscaram e tinham como lema de vida, empreendendo assim, uma jornada de repertório individual, No entanto, a construção de novos contextos depende da sua capacidade de dar novas versões para histórias já vividas.

O poder do ócio criativo

“No meio do tiroteio é difícil fazer-se coisas diferentes das mesmas maneiras”. Salibi explica que uma das coisas que sempre fez para inspirar-se para novos projetos, é sugestão de Domenico de Masi. Não se podem fazer novas coisas do mesmo jeito e, uma das melhores maneiras de se fazer isso é “tirar o sapado por três meses para termos olhares diferentes para aquilo que se está fazendo”, mencionou.

Nova mentalidade nada tem a ver com idade

A transformação digital obrigou-nos a todos, a ampliar nossos olhares para além daquilo que já sabíamos sobre o mundo, as práticas empresariais e as inovações. Para Salibi pensar de maneira inovadora tem a ver muito mais com flexibilidade de pensamento do que com idade. Convencer-se que nem sempre se está certo é um dos primeiros passos. Como exemplo, ele citou a empresa Amazon, que possui hoje uma média de 1 milhão de funcionários, sendo desse montante, 40 mil veteranos do exército. Ser interdependente é acredita que há sempre novas lições para serem aprendidas. 

Mente sã em corpo são

Apaixonado pelo esporte tênis de quadra e disciplinado em cuidar do próprio corpo, Salibi também reforçou o quando acredita que cuidar do próprio corpo é essencial para manter a mente em ordem.  Para ele para se exercer a paixão, é preciso estar saudável de dentro para fora. “Corpo e mente não são coisas separadas”.

Dentre tantas reflexões importantes de uma grande personalidade da área de gestão de sucesso, Salibi nos ajuda a pensar, o quanto é importante que utilizemos a estratégia adaptativa para termos sucesso em nossos projetos. 

Eu e você temos uma importante caminhada pela frente. O mundo mudou e só permanecerá evoluindo àqueles que buscam olhar para um novo modo de vida em ascensão: o da conexão com as coisas que fazem nosso coração pulsar.

Convite: não perca em meu canal as entrevistas do “Protagonistas da Paixão”.
Muitas novidades ainda estão por vir.

Acesse vídeos, podcasts e outros artigos

Autor(a)

Marcelo Pimenta

Unindo as competências de comunicador, professor e empresário, é um dos pioneiros da Internet no Brasil, com 20 anos de experiência como empreendedor digital.Professor da ESPM/SP, responsável pelas disciplinas de Gestão da Inovação e Design Thinking, onde é reconhecido pela criatividade em sala de aula, sempre criando novas formas de aprender e ensinar.