Página Principal Revista EBS

Qual é a preparação necessária para ser um trabalhador do futuro?

Foto: Master1305/Freepik
Uma contribuição para o profissional do futuro tendo em vista a preparação necessária para sobreviver

Publicado em 12/05/2021

Provavelmente o dia do trabalhador de 2021, celebrado em 1º de maio, foi uma das datas mais marcantes da nossa história recente.

A pandemia está deixando suas marcas de desemprego e desesperança para milhares de profissionais de todos os segmentos. O desafio agora é ressignificar e inovar, já que SE ADAPTAR se tornou palavra de ordem para quem não quer baixar a cabeça e prosperar.

Uma questão é fato: o mercado de trabalho que emerge dessas circunstâncias traz um panorama de ainda mais desafios para quem busca colocação e recolocação no mercado, ou para quem quer empreender. A saída é preparar-se para os novos tempos.

Inovação tem sido uma meta para todos: para gerar valor é preciso aprimorar nossos conhecimentos, testar outros tantos e lançar-se a novos desafios.

Se a origem do dia do trabalhador consagra-se, historicamente pela busca e luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho, neste ano de 2021 a luta é por oportunidades de atuação para o maior número de pessoas.

Estamos vivendo em um mundo paradoxal, difícil de entender. Temos uma taxa de desempregados que chega a mais de 14 milhões de brasileiros no nosso país, um total de 13,5% – um percentual recorde na nossa história.

Sabemos que grande parte da crise foi provocada pelo coronavírus, mas também é preciso considerar que parte ocorre por falta de atualização profissional.

A baixa de produtividade dos brasileiros agravada pela baixa qualificação profissional e pela mudança e evolução do mundo culmina com o que presenciamos no momento e que, muitas vezes, nos assusta.

Foto: Gino Crescoli/Pixabay

Mas, se por um lado temos um alto índice de desempregados, também é preciso considerar que há milhares de vagas que não são ocupadas ou preenchidas por falta de mão de obra qualificada.

O mercado também está em busca de profissionais que estejam preparados para este mundo em constante mudança. Indicadores atuais dão conta que há 260 mil vagas abertas há mais de 30 dias, mas não aparecem candidatos para essas vagas.

É também por isso que eu sempre falo e escrevi um livro sobre a Economia da Paixão. Vivemos uma era em que, ou mudamos nossa maneira de nos comportamos diante dos desafios, ou vamos amargar um mundo de reclamações e falta de oportunidades que não estamos preparados para enxergar (e aproveitar).

Competências necessárias – Muitos de nós sabemos quais são as habilidades requisitadas para este novo profissional. Entre as que se destacam estão: trabalhar com pessoas, autogestão, resolução de problemas e habilidades com tecnologia.

No entanto, muitas vezes não conseguimos buscar o aprimoramento em um mar de tantas informações ou sensibilizar as pessoas que são necessárias uma maior reflexão sobre todos esses elementos.

Sendo assim, não há outro caminho. A não ser a reciclagem e a especialização. É preciso expandir nossa visão para outros caminhos e buscar conhecimento de qualidade para encarar esse novo que se abre para as mudanças.

Foi por isso que criei o movimento 100 mil inovadores!

São 100 mil vagas para dez cursos gratuitos, disponíveis na plataforma Udemy, líder em educação à distância no mundo.

Seis desses cursos já estão disponíveis:

  • Vendas Descomplicadas;
  • Ikigai na Prática;
  • Descomplicando Modelos de Negócios – Canvas na Prática;
  • Modelos de Negócio Pós-Pandemia;
  • Descomplicando Design Thinking;
  • Tendências 2021 Para Superar a Pandemia.

Outras quatro formações totalmente inovadoras e alinhadas ao cenário atual serão lançadas, exclusivamente, para esta iniciativa.

Te convido a vir junto comigo nesse caminho não só fazendo os cursos mas ajudando a espalhar essa iniciativa na sua empresa, na sua família, entre seus amigos.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente: ACESSE

Autor: Marcelo Pimenta

Marcelo Pimenta – Foto: Assessoria

É o descomplicador criativo, Professor, palestrante e empresário, é apaixonado por empreendedorismo, criatividade e de inovação nos negócios. Jornalista, especialista em marketing, mestre em planejamento estratégico, consultor credenciado ao Sebrae Nacional, único representante brasileiro no Conselho Acadêmico NetExplo junto a Unesco, em Paris. 

Tem trinta anos de experiência em gestão de projetos e produção de conteúdo para as mais diferentes plataformas.

Acesse os vídeos do Youtube, podcasts, textos do blog e mídias sociais através do site

Relacionados

AMPRO Saber terá curso sobre programas de Incentivo

As THINK WEEKS de Bill Gates

No Vestiário

Personal Branding nas empresas: como usar marcas pessoais para alavancar negócios

Pesquisa aponta o engajamento e resiliência dos trabalhadores frente à COVID-19

Os 7 erros comuns que até os melhores líderes cometem

Figital – de onde para onde?

Se não tem perfil… Coach, coach and change