Página Principal Revista EBS

ABEOC Brasil, UBRAFE e ABRACE lançam movimento nas mídias sociais

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Campanha "Até quando?", parceria da ABEOC Brasil, UBRAFE e ABRACE

Publicado em 29/01/2021

Foi lançada nessa quinta-feira(28/01) nas mídias sociais o movimento “ATÉ QUANDO?”, para o setor de eventos.  

A ação é conjunta da ABEOC Brasil, UBRAFE e Abrace, e tem objetivo a adesão de empresas, profissionais e entidades ligadas ao setor feiras, congressos, montagens e estandes cenográficos, para chamar a atenção das autoridades do país em todas as esferas da administração.

Com um vídeo de mais de 1 minuto, foram mostradas situações de risco a que a população está exposta, mas que continuam acontecendo, enquanto milhões de profissionais e seus familiares estão à míngua. São organizadores de eventos, montadores, cenógrafos, recepcionistas, pintores, assessores de imprensa, designers, fotógrafos, seguranças, buffet, congressistas, palestrantes, e muitos outros, que estão parados há mais de 300 dias, sem trabalho, por conta das restrições impostas.  

Essa semana também foi lançada a campanha #semcor, onde as postagens da ABEOC estão em preto e branco para marcar e mostrar o drama vivido pela indústria de eventos, uma das maiores geradoras de economia do Brasil e do mundo. 

Para a presidente da ABEOC Brasil, Fátima Facuri,  quanto mais se agrava a situação, aumenta a importância  da união de todo. Inúmeras empresas estão falindo, profissionais sem trabalho e renda, com suas famílias expostas a muitas necessidades. A pergunta é, até quando vamos suportar? Quando teremos datas para o retorno dos eventos? Precisamos voltar, precisamos de datas, de planejamento e um alinhamento entre Prefeituras e Governos Estaduais. Sempre tivemos responsabilidade com nosso público, estamos prontos para voltar. Não podemos continuar como joguetes. Queremos mais empatia por quem faz girar a economia. A campanha foi muito recebida e acontece simultaneamente a dezenas de movimentos pela retomada organizados pelos ‘invisíveis’ de todo o País”. 

Dados do setor de eventos 

O mercado de eventos é formado por mais de 50 segmentos, entre eles prestadores de serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas, além de profissionais cujos trabalhos envolvem aluguel de estruturas, como palcos, estandes, iluminação, som, serviços de filmagens, produção fotográfica, buffet de festas, decoração, assessoria cerimonial, seguranças, transporte, agências e operadoras de turismo, entre outros.  

Foram fechados 335.435 empregos formais no setor, milhares desempregados. 

São R$ 305 bilhões injetados na economia e 25 milhões de empregos formais. 

Relacionados

Janine De Nes, CFO Latam da RX, assume posição na UBRAFE com foco em ampliar participação feminina no setor de eventos

Feira EBS 2024 anuncia 95% das áreas comercializadas e destaca patrocinadores

Dados da Fazenda sobre o PERSE estão incompletos – números apresentam custo efetivo menor

Encontro Anual Sponsors | Brasil da APBR: Conectando Profissionais e Impulsionando Inovações no Mercado de Patrocínios