Página Principal Revista EBS

5º Fórum Brasileiro de Turismo debate o crescimento do setor no pós Covid-19

turismo brasileiro
Foto: José Guertzenstein | Pixabay
Em edição online, o evento traz luz ao setor após uma longa quarentena.

Publicado em 18/08/2020

O evento acontece 31 de agosto, das 14h às 19h30, totalmente gratuito e com a presença de nomes importantes do setor na iniciativa privada e no poder público. Entre painéis de debates e palestras a retomada do crescimento do setor é o foco.

O setor de turismo, assim como o de eventos, foi um dos mais afetados pela pandemia. O primeiro a parar suas atividades e um dos últimos a retomar. Ele gera desenvolvimento econômico, arrecadação tributária, emprego e renda, além de poder fomentar a preservação ambiental e o turismo sustentável. Um mercado que movimentou no Brasil em 2019, R$ 238,6 bilhões de reais, teve muitas baixas e terá que se adequar à nova realidade.

Ainda: Tecnologias aliadas das viagens no pós-pandemia

Em sua quinta edição, o Fórum Brasileiro de Turismo vem no momento importante para discutir o processo de retomada. De olho nos números do mercado de turismo no Estado de São Paulo, no Brasil, na América Latina e no mundo, o debate segue entorno das mudanças e tratando temas importantes como meio ambiente , segurança pública,  mobilidade urbana, mão de obra, cadeia produtiva, números e perspectivas e os impactos do setor em políticas públicas.

Entre os tópicos a serem abordados a grande expectativa será o debate sobre as tendências para o crescimento e a política de repasse de recursos do setor público para o mercado de turismo.

Leia também: Pesquisa: 19% planejam viajar ainda este ano e 49% só em 2021

Para o Chairman do evento, Toni Sando- Presidente da Unedestinos “esta é a oportunidade que temos para debater de forma construtiva o setor e encontrar oportunidades de retomar o crescimento unindo forças entre o poder público e a iniciativa privada”.

Já o Presidente Mundial do GCSMAgostinho Turbian reforça “a importância do momento para que todos se posicionem. Entre os inscritos temos desde estudantes, profissionais, lideranças e autoridades do setor que podem compartilhar experiencias e ideias. Isto irá favorecer o debate e resultar em politicas publicas focadas no crescimento e na garantia da aplicação as normas de saúde para o setor.”

Grande pólo de geração de emprego e renda sempre teve os números eram grandiosos antes da pandemia:

  • O turismo movimentou em 2019, 238,6 bilhões de reais.
  • Número de empregos diretos e indiretos – alta de 163,6% em relação às vagas criadas em 2018
  • Representação no PIB Brasileiro – 8,1%
  • Mundialmente, o setor de turismo é responsável por 10% do PIB mundial, 10% dos empregos diretos e indiretos; 1,4 trilhões de dólares em exportação; 7% das exportações mundiais e 30% das exportações de serviços
  • Principais destinos turísticos no Brasil – o Sudeste se destaca no faturamento do país – R$ 147 bilhões, correspondente a 61,6% do faturamento do setor turístico em 2019, seguida pelo Sul (15,9%) e pelo Nordeste (12,6%).  O Estado de São Paulo liderou, respondendo por 40,5% do faturamento no País
  • Geração de empregos em função da sua composição de atividades: Bares e Restaurantes (37,45%); Atividades recreativas, culturais e desportivas (17,93%); Transporte rodoviário (17,37%); Outros transportes e serviços auxiliares dos transportes (9,93%); Hotéis e Pousadas (7,14%); Transporte aéreo (4,78%); Atividades de agências e organizadores de viagens (2,73%); Aluguel de bens móveis (2,67%).

Fonte:  ICV-Tur – índice da pesquisa elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Cielo  /  e Unidestinos.

O Fórum é uma iniciativa do Grupo GCSM com participação da União Nacional de CVBs e Entidades de Destino, a Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH) e Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil.

As inscrições já estão abertas e devem ser feitas pelo link

Relacionados

Janine De Nes, CFO Latam da RX, assume posição na UBRAFE com foco em ampliar participação feminina no setor de eventos

Feira EBS 2024 anuncia 95% das áreas comercializadas e destaca patrocinadores

Dados da Fazenda sobre o PERSE estão incompletos – números apresentam custo efetivo menor

Encontro Anual Sponsors | Brasil da APBR: Conectando Profissionais e Impulsionando Inovações no Mercado de Patrocínios