Página Principal Revista EBS

Futurecom é postergada para 2021

Foto: Peggy und Marco Lachmann-Anke/ Pixabay
Maior evento de tecnologia, inovação e transformação digital da América Latina não será realizada em 2020

Publicado em 23/07/2020

Em comunicado, o Futurecom informa ao mercado que a edição de 2020 não será realizada.

O Futurecom, maior evento de tecnologia, inovação e transformação digital da América Latina, amparado por uma pesquisa extensiva feita com clientes e empresas do mercado diante do atual cenário de incertezas e transformações provocado pela pandemia, decidiu rever a sua data de realização no formato presencial.

A feira será postergada para 2021 e a data do evento presencial está definida: de 05 a 07 de outubro de 2021.

Segundo pesquisa realizada pela organização do evento com 540 empresas, no período de 13 a 20 de julho, 71% responderam terem algum tipo de impedimento para participar de eventos presenciais em 2020. Por outro lado, 95% das empresas consultadas confiam na retomada de participação em eventos presenciais ao longo de 2021.

O evento disponibilizará uma programação especial para a Semana Digital do Futurecom, que será promovida de 26 a 30 de outubro deste ano, por meio do  FUTURECOM XPERIENCE, única plataforma do mercado que reúne, em um mesmo ambiente, os três principais pilares que fazem de um evento físico o mais eficiente meio de geração de oportunidades: conteúdo, negócios e networking.

Para entregar ao mercado de conexões reais e relevantes durante todo o ano, a plataforma vai conectar as pessoas por meio da BLUE, solução de inteligência artificial desenvolvida para analisar e entregar resultados com base em interesses, potencial de compras e comportamentos de consumo. Temos certeza de que podemos, juntos, transformar projetos em negócios.

Relacionados

Validade dos profissionais no mercado de trabalho

Medical Fair Brasil anuncia data para edição 2021

São 840 mil empregos ameaçados no setor de eventos no Paraná

turismo brasileiro

5º Fórum Brasileiro de Turismo debate o crescimento do setor no pós Covid-19

Rio de Janeiro adia a reabertura de teatros, cinemas e casas de eventos

Foto: Divulgação- Virgin Money Unity/ David Wala

Fãs em cercados: o novo normal dos festivais?

prejuízo-eventos-pandemia

Eventos: R$ 90 bilhões em prejuízo pela pandemia

Transformação digital e o “novo normal” para o setor de eventos