Página Principal Revista EBS

A Copastur é a primeira TMC do Brasil a zerar emissão de CO2

Foto: Freepik
Realizado de maneira reversa, esse projeto conta com um parceiro homologado para implementar o plantio de mudas nativas em áreas específicas e de proteção ambiental

Publicado em 08/08/2023

Com o pensamento no futuro, a Copastur anuncia mais uma novidade para o segundo semestre de 2023, se tornando oficialmente uma empresa com a emissão de carbono zerada, assumindo a responsabilidade em direção a um turismo mais sustentável e consciente.

Trata-se do Travel Carbon Free um importante programa para a neutralização de carbono desenvolvido através de um squad interno com o objetivo de minimizar os impactos de viagens no mundo.

Realizado de maneira reversa, esse projeto conta com um parceiro homologado para implementar o plantio de mudas nativas em áreas específicas e de proteção ambiental.  Para isso, a Copastur adquiriu diversas mudas para a compensação de carbono emitido na natureza.

Segundo o diretor executivo da TMC, Edmar Mendoza, a Copastur está comprometida em liderar a transformação para um futuro mais verde e próspero.

“Ao nos tornarmos uma empresa zero carbono, reafirmamos nosso compromisso com a proteção do meio ambiente e o bem-estar das gerações futuras. Acreditamos que, juntos, podemos construir um mundo mais sustentável, e estamos orgulhosos de fazermos parte desse movimento positivo. Plantamos com a SOS Mata Atlântica mudas de árvores nativas do bioma mais ameaçado do Brasil para compensar as emissões de CO2”, afirma Edmar.

A Copastur reforça ainda um produto que dá a oportunidade de engajar seus clientes a se unirem nessa jornada, visando um futuro mais promissor para o planeta. Hoje, a TMC oferece para seus clientes um produto que gera relatórios sob as demandas aéreas com base no GHG Protocol – programa que desenvolve ferramentas de cálculo para estimativas de emissões de gases do efeito estufa (GEE), a TMC proporciona ainda o cálculo quanto à quantidade de mudas necessárias para que seja feita a compensação, com a possibilidade de efetivação do plantio, por meio de parceiros homologados. Seguindo esse propósito, os clientes parceiros da Copastur são incentivados a participarem do programa de compensação, aquirindo mudas nativas que serão plantadas em áreas estratégicas para ajudar a bloquear os gases de efeito estufa (GEE) que podem agravar o aquecimento global.

Segundo Carolina Grecco, gerente nacional de novos negócios e líder do projeto Carbon Free na Copastur, a ideia é buscar um mundo mais sustentável. “Estamos dando um grande passo em direção a um futuro melhor. Essa responsabilidade eco-friendly pode se estender também aos nossos clientes. Juntos, estamos reduzindo nosso impacto ambiental e inspirando o caminho para um turismo mais consciente e cheio de boas energias”, afirma Grecco.

O projeto Carbon Free unifica as ações de ESG que a TMC realiza mensalmente para direcionar o negócio, com o objetivo de equilibrar propósito e lucro, pensando no impacto de suas decisões ao longo de sua cadeia de valor. Todos esses passos reforçam as certificações que a Copastur possui, como uma empresa do Sistema B, ISO 14001 e 9001, GPTW, entre outras.

Relacionados

Janine De Nes, CFO Latam da RX, assume posição na UBRAFE com foco em ampliar participação feminina no setor de eventos

Lei da Igualdade Salarial: empresas com mais de 100 funcionários devem emitir relatórios comprovatórios semestralmente

Patrocinador investe em ação de reciclagem durante Carnaval em Recife

ALAGEV anuncia 2ª edição do 5K LACTE Desafio – Correr Com Propósitos