Página Principal Revista EBS

Processo de produção em massa de robôs humanos começou! Elon Musk avisou!

Foto: Pixabay / Geralt
Por Jefferson Meneses – CEO do Canal JMS

11/05/2022

Elon Musk já nos alertou, em outros momentos, que a inteligência artificial ameaça a existência da nossa civilização.  Desde 2017, o CEO da SpaceX deixou um alerta para os riscos aos quais a sociedade corre ao “brincar” com a inteligência artificial sem supervisão, riscos que ela corre contra sua própria existência

Na época, Musk instou os governadores dos Estados Unidos a tomar medidas contra os riscos à sociedade que insistem no desenvolvimento da inteligência artificial e que seja criado um órgão que supervisione e oriente o seu desenvolvimento.

OK. Agora, em 2022, apenas 05 anos depois, nós estamos vendo um movimento, por parte das empresas de alta tecnologia, que impressiona! Começando na Coreia do Sul, como no caso da Gluck LAB, uma empresa Sul Coreana que desenvolve pesquisa na área de Impressão em 3D, ela mostra ao mundo a “possibilidade” de produção em massa, de protótipos 3D para serem usados em seres humanos ou melhor, robôs humanoides que assustam pela perfeição.

O curioso, é que os moldes estão sendo usados em testes, em robôs, em conjunto com uma espécie de instalação animatrônica, que parecem que estão sendo produzidos em uma grande fábrica de impressoras 3D SLA na Coreia do Sul.

Existe muito pouca informação vazada em inglês na internet sobre o projeto, a maior parte está em coreano, mas é incrível ver todo o processo de fabricação, onde você não sabe mais quem é humano e quem é robô! Eu, honestamente penso e costumo ser contra as regulamentações estritas, assim como Musk pensa, em inteligência artificial esta regulamentação é… digamos que necessária!

Elon Musk nos deixou um alerta, que muita gente sequer deu ouvidos, mas perceba que ele não é contra a tecnologia, até porque ele mesmo é considerado um dos principais protagonistas da inovação em nova era. E a sua luta pessoal através de suas empresas visa acelerar a transição às energias renováveis e até transformar a raça humana em uma espécie multiplanetária.

Ou seja, ideias muito além do seu tempo, mas curiosamente, no que se refere à inteligência artificial, ele acredita que é preciso pisar no freio.

E diz ainda: “É um risco para a existência da nossa civilização”, advertiu o agora trilionário aos governadores em uma reunião que aconteceu em Rhode Island nos EUA. Onde frisou que “Até que as pessoas vejam robôs matando gente na rua não se entenderão os perigos da inteligência artificial”. Dentro de alguns anos, não é que não haverá pessoas ao volante, é que simplesmente não haverá volante! Ou seja, as pessoas serão substituídas SIM por robôs! E em massa!

Lembra que Stephen Hawking também nos advertiu por sua vez para os riscos para a raça humana do avanço da inteligência artificial por parte de empresas privadas sem controle?

Perceba que eu não estou falando aqui do desenvolvimento da AI para coisas simples como a sua Alexa, ou seu ar condicionado, anos atrás era inconcebível que um computador ganhasse um jogo de GO, o jogo de lógica e estratégia que se originou na antiga China há mais de 2.500 anos, mas o Google conseguiu vencer os melhores em poucos anos de desenvolvimento, revolucionando para sempre a forma de jogar.

Essa frase “até as pessoas não vejam robôs matando gente na rua não se entenderão os perigos da inteligência artificial”… Eu lembro que engenheiros em um laboratório da Hankook Mirae Technology, um Grupo sul Coreano de Seul, mostrou ao mundo um robô humanoide tripulado de quatro metros de altura apelidado de Método-2.

Os robôs estão rapidamente se tornando parte da fabricação, mas quem será que está ganhando com o jogo da robótica no mundo? O que será que nós não sabemos!?

De acordo com a Federação Internacional de Robótica, a Coreia do Sul domina o mundo com 531 indústrias multifuncionais de robôs!

Seja como for, Musk deixou o alerta, um recado, porque ele sabe até onde realmente a AI é capaz de chegar! “As máquinas poderiam começar uma guerra publicando notícias falsas, roubando contas de e-mail e enviando comunicados de imprensa falsos, manipulando a informação”. E a segurança digital? Como fica se controlada por um exército de robôs?

E parafraseando Musk: Antes que os governadores deste mundo, expressassem sequer preocupação sobre os robôs e seu impacto iminente no mercado de trabalho é interessante imaginar que eles nunca estarão cansados, robôs não precisam dormir, não cairão doentes e serão mais capazes, baratos e produtivos do que os seres humanos. “Viveremos grandes mudanças porque os robôs farão o nosso trabalho muito melhor do que nós, e eu digo melhor do que todos nós!

O fato é que Eles estão vindo, estão nascendo! Os robôs humanóides realistas de filmes e séries de TV podem estar mais perto do que você pensa, graças à impressão 3D e a alta tecnologia junto a Inteligencia Artificial.

A GLUCK, fornecedora de serviços de impressão 3D e design 3D sul-coreano, produziu em massa como você viu, vários robôs ultrarrealistas, usando sua frota de impressoras de grande formato. Mas calma, pelo menos estes Robôs humanoides foram criados para uma instalação da marca de óculos de grife local. A arte mecatrônica pretende simular uma linha de montagem robótica.

E todas as peças dos robôs humanoides foram impressas em 3D usando tecnologia SLA de grande formato, com acabamento superficial extremamente fotorrealista.

O curioso é que esta aplicação, usa um revestimento de uretano que também foi aplicado para garantir a durabilidade das peças impressas em 3D fotopoliméricas. A desenvolvedora claro, está super-orgulhosa com sua criação, e deseja melhorar continuamente as capacidades de seus sistemas SLA, por isso, aplicou uma textura de altíssima resolução para replicar até os poros da pele do rosto de cada robô humanoide.

E assim, conseguiu obter uma cor de pele perfeitamente realista, o que exigiu um extenso trabalho de pós-processamento. Parece que nosso futuro será mais real, do que você imaginava!

Certamente ficará muito difícil de identificar essas máquinas entre os humanos, até que, como disse Musk as pessoas vejam robôs literalmente matando pessoas reais por aí!

Por Jefferson Meneses, CEO do Canal JMS
Relacionados

Afinal de contas, o que é metaverso? Especialista orienta para evitar confusão

Campus Party Brasil é adiada para novembro; evento será no Anhembi, em São Paulo

FuturePrint 2022 será presencial e volta a ser o encontro das tecnologias de impressão e fomento ao desenvolvimento do setor

Após crescimento expressivo em 2021, VidMob anuncia abertura de 200 vagas até o final do ano

Meta… o que? 55% dos americanos não sabem o que é o Metaverso, aponta pesquisa da NordVPN

Como a Alpargatas conseguiu conectar 17 mil colaboradores ao redor do mundo através de uma empresa líder de soluções em nuvem

NICE Interactions Live 2022 apresenta estratégias para valorizar a experiência do cliente e recebe George W. Bush e George Clooney

Futurecom retoma evento presencial este ano como principal conexão do ecossistema das TICs