Página Principal Revista EBS

Eventos retornando em SP, alento para o Live Marketing

retomada-eventos-sp
Foto: Pixabay
A partir desta semana, o Governo de SP autorizou o retorno gradual dos eventos no estado.

Publicado em 28/07/2020

A semana começou com boas expectativas para o setor do Live Marketing. Desde o último dia 27 de julho, o Governo de São Paulo autorizou o retorno dos eventos com público sentado na capital, desde que os lugares estejam marcados, respeitando o distanciamento mínimo recomendado, e a capacidade de público de até 40%, além da adoção de protocolos específicos – como venda de ingressos exclusivamente online e antecipados, controle de acesso e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

“Estamos atentos às oportunidades de retorno gradual das atividades no estado, seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança. A confirmação desta autorização traz novo ânimo ao setor, que foi altamente impactado com a quarentena”, afirma o presidente executivo da AMPRO – Associação de Marketing Promocional, Alexis Pagliarini.

O retorno será possível porque São Paulo cumpriu o prazo mínimo de 28 dias na Fase 3, amarela, conquistada em 26 de junho. Para passar à fase verde, menos restrita, a taxa de ocupação de leitos e UTIs deverá ser entre 70% e 75%, além de outras regras, como até 40 internações por 100 mil habitantes e 5 mortes a cada 100 mil habitantes por 14 dias, com estabilidade prolongada da situação por, pelo menos 28 dias.

Prejuízos e oportunidades

Segundo estimativas, a ausência dos eventos presenciais, desde 17 de março, já custou à economia brasileira aproximadamente R$ 200 bilhões em prejuízos. Só no estado de São Paulo, estima-se uma queda de aproximadamente R$ 16,3 bilhões por mês, ou R$ 65 bilhões ao longo dos quatro meses, com 8 milhões de empregos prejudicados. Em alguns casos, na realidade das pequenas e médias agências especializadas – maioria no país, as demissões chegaram a 100% dos colaboradores CLT, segundo os últimos levantamentos da AMPRO.

Em contrapartida, a crise do COVID-19 abriu oportunidades para que as empresas pudessem conhecer uma modalidade de eventos até então não muito explorada nos negócios, os formatos híbridos. No último dia 14 de julho, a AMPRO realizou o primeiro evento híbrido de grande abrangência, que reuniu parte dos palestrantes presencialmente no WTC São Paulo e parte online, com transmissão ao vivo.

“Seguindo todos os protocolos de segurança já autorizados, mostramos que é possível fazer, que dão resultado e que oferecem uma infinidade de opções, como a mistura do online, do físico e do digital, sem perder a interação ao vivo com os participantes e ganhando na possibilidade da grande abrangência. O setor já está totalmente preparado para executar esse tipo de evento, com toda a segurança. Com a autorização do Governo do Estado, nossa expectativa é que mais empresas busquem, por exemplo, esse formato, que evoluiu para ficar”, avalia Pagliarini.

De acordo com o presidente da AMPRO, a retomada gradual e os eventos híbridos abrem ainda espaço para profissionalização ou qualificação de profissionais em especialidades, como planejamento e design de eventos digitais. “São eventos que incluem técnicas diferentes, como as de TV, de digital, tanto na parte técnica quanto roteirização, direção artística, produção digital etc, então vemos boas oportunidades para que os profissionais que já trabalhavam com eventos possam se qualificar e se diferenciar no mercado”, afirma.

Para contribuir com a recolocação de profissionais que foram afastados, a AMPRO lançou também, por iniciativa do seu Comitê de Relações Humanas, o Mural de Talentos, que já conta com mais de 500 cadastros, de profissionais e agências de todas as regiões do país.
O acesso é pelo link.

A Associação de Marketing Promocional representa agências, empresas e profissionais ligados ao mercado do Live Marketing em todo o Brasil. É a única que desenvolve nacionalmente a teoria e a prática do setor de forma ampla. Com sede em São Paulo, completa 27 anos em 2020 e possui cerca de 300 empresas associadas, com representação abrangente em todo o território nacional.

Fonte: Assessoria

Relacionados

Rio de Janeiro adia a reabertura de teatros, cinemas e casas de eventos

Expo Retomada fala sobre o futuro dos eventos presenciais

Foto: Divulgação- Virgin Money Unity/ David Wala

Fãs em cercados: o novo normal dos festivais?

Rio de Janeiro autoriza retorno de eventos de negócios

São Paulo adia Carnaval 2021

Ampro apoia a MPV 959- adiamento da LGPD

Híbrido será nova realidade para o mercado de Eventos

Pelo Fim da Bitributação