Página Principal Revista EBS

Sessentão ainda sexy

Foto: Alexis Pagliarini
O Cannes Lions Festival continua atraindo criativos do mundo inteiro

E lá fui eu para mais um Cannes Lions Festival, o maior evento de criatividade do mundo. Esta foi a 66ª edição! E o festival sessentão continua atraindo criativos do mundo inteiro.
Perto de 10.000 participantes, de mais de 90 países, correm para a Riviera Francesa na terceira semana de junho, em pleno verão em Cannes. Minha primeira vez foi 22 anos atrás. E, a cada edição, o mesmo deslumbramento e a sensação de estar reciclando os neurônios, provocando novas sinapses, se abrindo para a criatividade. Afinal, além das 27 categorias de premiação, o festival apresenta um conteúdo traduzido em palestras, workshops e seminários, feitas por mais de 300 speakers.

Nos últimos 4 anos eu tenho ido a Cannes graças a uma parceria da Fenapro, instituição da qual sou o Diretor Superintendente, com o Estadão, que é o representante do festival no Brasil. Neste ano, além da parceria com o Estadão, contamos ainda com o apoio da GettyImges. Além de fazer a cobertura geral do evento, eu tenho ainda a missão de fazer um resumão do que melhor acontece para, no retorno ao Brasil, realizar um roadshow, apresentando os cases vencedores e os insights gerados.

Foto: Divulgação | canneslions.com
30.000m² de espaço com exposições, palestras, workshops, premiações, festas e muito mais

No ano passado, realizei 14 apresentações pelo Brasil, do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul. Mas este ano eu tenho uma missão adicional: a revista EBS me pediu uma visão exclusiva do festival, sob a ótica do evento em si. Então vamos lá. Começando pelo espaço principal do evento, o Palais des Festival et des Congrès. É um complexo enorme, de mais de 30.000 m², com 5 auditórios e mais 26 salas de tamanhos variados. É possível atender perto de 30.000 pessoas simultaneamente nos seus espaços. Fica à beira mar, ao lado do porto de Cannes, o que dá um charme especial ao local.

O Cannes Lions ocupa praticamente todos os espaços do Palais. E tem ainda um monte de atividades paralelas, invadindo os espaços públicos da famosa Croisette (avenida à beira mar) e suas praias na semana de 15 a 19 de junho. Para onde você olha, tem atividade acontecendo, com uma profusão de marcas do universo de marketing e comunicação. Para facilitar o acompanhamento e participação, o festival dividiu a premiação e o conteúdo em 9 tracks: Communication (Comunicação), Craft (Qualidade de Produção), Experience (Experiência), Entertainment (Entretenimento), Good (Ações para o bem da humanidade), Health (Saúde), Impact (Impacto), Innovation (Inovação) e Reach (Alcance). Assim, os participantes podem seguir a trilha de maior interesse e diminuir a sensação de F.O.M.O. (medo de perder algo).

Foto: Divulgação | canneslions.com

As grandes marcas montam super espaços de ativação e conteúdo na praia mesmo, literalmente. Veja quem tem espaços próprios na praia: Google, Facebook, Spotify, Pinterest, Twitter, Verizon, Dentsu Aegis, RTL. E não são simples estandes de demonstração de produtos, são espaços vivos, com muita atividade acontecendo, tanto de conteúdo como de entretenimento para os frequentadores. Nos hotéis de frente para a Croisette, outras marcas ocupam foyers, salas e rooftops. Tudo para atrair potencias clientes de todo o mundo.

Fonte: Alexis Pagliarini

Para quem não tem essa bala toda, existe ainda a possibilidade de ficar com um dos espaços das “cabanas”, espaços modulares, montados no calçadão junto à praia. E tem ainda aqueles que programam festas e atividades paralelas em iates e outros espaços alternativos. Ou seja: pensa num evento em que você vai dormir com a sensação de que perdeu um monte de atividade. Este evento é o Cannes Lions. É simplesmente impossível acompanhar tudo. Acabou a programação de palestras? Tem happy hours te esperando por todo o lado. Mas vá com calma porque todos os dias, a partir das 19h00, tem as cerimônias de premiação.

Foto: Divulgação | canneslions.com – Festa de encerramento 2019.

O bom é que no verão de Cannes escurece muito tarde, lá pelas 22h00. Então dá para estender o dia e a noite. Bateu uma fome na madrugada? A DV – DoubleVerify oferece pizza de graça, das 23h00 às 4h00. CDFs, como eu, fogem dessas baladas porque na manhã seguinte tem muita ralação esperando desde cedo. Mas dá para curtir a gastronomia da Côte D’Azur e os passeios pela praia ou pelas charmosas ruas do Le Suquet, que foi apelidado pelos brasileiros de Pelorãn (versão afrancesada de Pelourinho), pela semelhança com o nosso Pelorinho, de Salvador. E tem o comércio chique da Rue D’Antibes e até as lojas de descontos da Rue Meynadier, que eu apelidei de vingt-cinq de mars (Vinte e Cinco de Março afrancesada).

Além de abraçar causas e movimentos, com os de igualdade de gênero e de combate ao preconceito, o evento tem uma especial atenção com a sustentabilidade. O kit que você recebe no momento de credenciamento inclui uma credencial biodegradável, uma garrafa de água não descartável (para que vc reabasteça ao longo do evento), uma sacola feita com material reciclado e o mínimo de papel. O programa não é mais impresso e só pode ser acessado pelo App.

Mas o mais importante da participação num evento dessas dimensões e com tanto conteúdo é o que ele é capaz de mexer com a sua cabeça. “Ninguém volta igual de Cannes”, dizia uma peça de divulgação do evento. E é verdade! O evento tira o sono e faz seu cérebro trabalhar conexões pouco usuais. É um exercício concentrado de desenvolvimento da capacidade criativa. Se você se interessa por criatividade, coloque o Cannes Lions no seu radar. As datas para 2020 já foram marcadas: 22 a 26 de junho. Espero ver você lá!

Autor(a)

Alexis Pagliarini

Alexis Pagliarini

Diretor Geral Superintendente da FENAPRO – Federação Nacional de Agências de Propaganda e especialista em processos de Design Thinking e Criatividade. É também Past President da MPI Brazil (Meeting Professionals International) e do Comitê de Marketing do WTC Club. Faz parte do Advisory Board do CMO Council - LATAM. Assina a coluna Beyond the Line do PROPMAK. É jurado convidado em diversas premiações, tendo sido presidente do júri do Prêmio Colunistas Promoção (2016 e 2017) e do Ampro Globes 2015. Foi palestrante no Cannes Lions Festival em duas edições (2008 e 2010) e apresentou o Cannes Lions Road Show 2016 e 2017 (20 apresentações pelo Brasil).

Relacionados

Estadão traz a São Paulo conteúdo e experiências no Cannes Lions

Game XP 2019 chega novamente a Cidade Maravilhosa

Royal Palm Hotels & Resorts fecha primeiro semestre com alta de 30% no faturamento

A Távola Redonda MICE pensa no futuro MICE

Natura promove experimento para provar o poder das pessoas na construção de um mundo mais bonito

GL events investe R$ 50 milhões no Centro de Convenções de Salvador

Festival-Teen-2019 - Foto: Ricardo Cardoso | Divulgação

Festival reúne os maiores ídolos digitais do país

O futuro ao MICE pertence