Página Principal Revista EBS

Singularity University: transformando líderes

Em entrevista a Revista EBS, Juan Pablo de Vera, CEO do Grupo R1, compartilha sua experiência durante o Programa Executivo da Singularity University, na Califórnia.

Em julho de 2018, Juan Pablo Vera, CEO do Grupo R1, participou do Programa Executivo da Singularity University na Califórnia com outros 96 empresários vindos de 68 países representando 26 setores da economia global.

Juan Pablo de Vera, CEO do Grupo R1

Juan Pablo de Vera, CEO do Grupo R1

Afim de compartilhar conhecimentos e novas tecnologias, o executivo participou da sessão Pingue-Pongue na Revista EBS, acompanhe:

 1) Explique o que era e como foi o programa da Singularity University em julho deste ano.

O Programa Executivo da Singularity University foi criado com o objetivo de transformar líderes, prepará-los para enfrentar os grandes dilemas, munindo-os de habilidades e conhecimentos necessários para entender o futuro, abraçar a inovação, e, junto a suas organizações, conseguir aproveitar o poder das tecnologias melhorando a vida das comunidades onde atuam.

Foi uma verdadeira jornada transformada para renovar nossa confiança na capacidade da liderança em pensar, desenhar, gerir e garantir um futuro melhor com ética, governança e sustentabilidade.

2) Conte-nos a experiência de estar entre tantos executivos renomados de todas as partes do mundo.

A experiência é ainda mais enriquecedora com a presença destes lideres vindos de mais de 60 países e que compartilham as mesmas inquietudes e desejos. Eles foram escolhidos criteriosamente e de acordo com sua capacidade exponencial de impactar positivamente suas comunidades. A oportunidade de compartir e aprender junto a eles foi muito valiosa. Poder ouvir suas visões e perspectivas, assim como entender as soluções por eles apresentadas e assim conseguir construir uma relação que perdura após o final do curso gera ainda mais valor a experiência. Estamos cuidando que tudo isso se prolongue ainda hoje em nossas atividades diárias.

3) Como foi o processo de escolha para participar do programa?

A Singularity University tem um processo de inscrição aberto a todos. Mas eles dedicam muito tempo a entender o perfil de cada candidato, as atividades realizadas em suas comunidades e principalmente o desejo em impactar positivamente nelas. O que posso identificar em comum dos colegas que estiveram comigo no curso em julho de 2018 é sua diversidade, sua representatividade global, e principalmente sua capacidade em ser um verdadeiro líder exponencial com poder de impactar milhares de pessoas em suas áreas de atuação.

4) Quais os conteúdos mais relevantes abordados?

O conteúdo do curso apresenta vários assuntos de interesse, desde apresentações que oferecem um olhar sobre Manufatura Avançada, Robótica, Biotecnologia, Genética, Saúde Humana, passando por impactos na Economia, Desenvolvimento, e nosso futuro no Espaço, mas reforçando alguns conceitos como Ética, Ambiguidade, Governança, entre outros. E cada um dos temas apresentados por professores e especialistas das mais renomadas universidades e escolas de negócios, com uma vasta experiência profissional, e todos com uma excelente dinâmica e qualidade de apresentação.

5) Como os temas abordados poderão ser aplicados e terão maior relevância?

Este curso foi um desejo pessoal para conseguir crescer e trazer uma outra visão para minha empresa e minha equipe, mas também para ajudar a dar respostas na minha comunidade, na minha família e no meu futuro pessoal.

6) As tecnologias podem melhorar o segmento de feiras e eventos?

A tecnologia tem impactado todas as atividades da humanidade desde seus primórdios. Os avanços que ela nos oferece podem gerar eficiência, eficácia e desenvolvimento em vários setores da economia, e com grandes benéficos para a humanidade. Atualmente, vivemos uma era com os menores índices de mortalidade infantil, com a maior cobertura de vacinas contra doenças que dizimaram várias gerações, um período com o menor número de conflitos armados, e com os maiores índices de alfabetismo e de igualdade de gênero em toda a história da humanidade.

Tudo impacta nossos mercados e por relação o setor de eventos em geral. Hoje conseguimos trazer essa inovação para nossas empresas, para nossas feiras e também desenvolvendo novas feiras nesses novos setores que a tecnologia ajudou a desenvolver.

7) O que mais marcou durante a vivência? Quão transformadora foi essa experiência?

Primeiro, a relevância de nossas ações como líderes. Infelizmente, ao longo das últimas décadas quedaram em evidencia a incapacidade das estruturas tradicionais dos governos para dar resposta aos grandes desafios globais. E por isso, é responsabilidade dos líderes do setor privado em assumir um protagonismo maior. Agregando sua capacidade de liderar, de planejar e executar, para somar forças e transformar o futuro da humanidade.

São esses líderes participando ativamente em suas empresas, associações, entidades sem fins lucrativos, nas escolas, em suas famílias, todos agregando de maneira responsável as soluções oferecidas pela inovação e a tecnologia, com ética, governança e sustentabilidade.

Em segundo lugar, a felicidade de conhecer um número crescente de pessoas que estão engajadas com este movimento e se dispõem a trazer seu talento e sua capacidade exponencial para construir um futuro melhor para a humanidade.

Relacionados

A Távola Redonda MICE pensa no futuro MICE

Visit Iguassu desenvolve experiências para incentivar a vinda de novos eventos

Outdoor training: desenvolvimento profissional e pessoal ao ar livre

Liderança na Era Exponencial

Saindo da caixa: um novo olhar para o mercado de eventos

Eventos Sustentáveis: melhores práticas para o mercado de eventos

Eventos Sustentáveis: melhores práticas para o mercado

Venkat Subramaniam, autor premiado, estará na Campus Party Brasil

Salas da raiva na mira do mercado corporativo - Foto: Pixabay

Empresas apostam nas salas da raiva para eventos