Página Principal Revista EBS

Nova data 2021: Escolar Office Brasil

Foto: Andreas Lischka / Pixabay
Feira Escolar é adiada para 2021

Publicado em 29/05/2020

A Francal Feiras, que desde o início da pandemia da Covid-19 vem acompanhando atentamente os impactos nos mercados em que atua, reavaliou a viabilidade de realização da Escolar Office Brasil neste ano, previamente agendada para 2 a 5 de agosto.

Sendo assim – e em respeito ao tempo necessário para estudos do cenário, negociações com o pavilhão de exposições e diálogo com o mercado –, a promotora comunica que a Escolar Office Brasil foi adiada para 1º a 4 de agosto de 2021, no Expo Center Norte, em São Paulo, data reconhecidamente estratégica para o abastecimento do varejo com as novidades do período de volta às aulas.

Tal decisão foi tomada com muita seriedade e diálogo franco e transparente com entidades e empresas representativas do mercado de produtos para papelarias, escolas e escritórios, seja com a criação de um Conselho de Expositores, seja em contatos individualizados com as empresas.

Juntas, promotora e mercado buscaram atender da melhor forma possível às particularidades do setor, considerando sua sazonalidade e os impactos da quarentena nos negócios, operações e capacidade de investimento de toda a cadeia.

À preocupação com a saúde de todos os públicos envolvidos somou-se o provável comprometimento dos negócios durante a feira por conta do risco da baixa visitação – que seria influenciada não só pelas dificuldades de locomoção, mas principalmente pela hesitação, por parte do varejo, de comparecer num período de início da gradual retomada de suas atividades e de sua recuperação financeira.

Fonte: Assessoria

Relacionados

Covid escancara desigualdades e impõe desafios à gestão de RH

Show reúne 5.000 pessoas em Barcelona, após testes de covid-19

Setor de eventos perde R$ 270 bilhões durante a pandemia

Inglaterra prevê a retomada de eventos para 21 de junho

Movimento Unidos pela Vacina é lançado

ABAV detalha ações para a retomada

Aprovada urgência para o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos

Indústria de feiras encolheu 68% em 2020, segundo estudo