Página Principal Revista EBS

HACKTOWN. O evento que acontece no “Silicon Valley Brasileiro”

A experiência de P.O. Almeida no Hack Town 2022, um festival brasileiro repleto de inovação e conhecimento, com trilhas para todos os gostos.

Publicado em 19/09/2022por P.O. de Almeida

Recentemente tive a oportunidade de participar de um dos eventos mais comentados na comunidade dos gestores de eventos. Comentado além dos aspectos de organização, mas principalmente pelos aspectos inspiracionais do seu conteúdo.

Este evento é o HACKTOWN que como o próprio nome sugere “hackear” a pequena e receptiva cidade de Santa Rita do Sapucaí (SRS) que fica no Sul de Minas Gerais, a apenas 200km de São Paulo.

“Hackear” no bom sentido, diga-se, pois, existe uma simbiose muito grande entre a região hoje conhecida como “vale da eletrônica”, a cidade de SRS, o empreendedorismo, a educação e agora este festival de inovação que está na sua 7ª edição e que esperava atrair 30 mil visitantes a cidade.

Mesmo que este festival/evento se diga “inspirado” pelo evento SXSW (South By Southwest) que acontece na cidade de Austin no Texas (USA), eles possuem DNA distintos, mas que são complementares.

Já explico isso.

SXSW nasceu como um festival de música, organizado por 3 jornalistas que moravam na cidade e que convidaram um promotor de shows para se unir a eles. Um dia ao receber a ligação de um promotor de um festival de uma outra cidade, o jornalista que atendeu a ligação falou.

“- Não estamos interessados!” Mas pensou. “- Se tem alguém de fora querendo organizar algo aqui na cidade porque nós não organizamos??”  É o resto é história.

Hoje é um dos maiores eventos do mundo com duração de 10 dias e mais de 200 mil participantes.

Já o HACKTOWN nasceu da visão de uma região que achou que poderia ser mais do que um local agrícola com foco nas plantações de café. Com a riqueza propiciada pelo Café junto com a visão de uma mulher da elite local (Sinhá Moreira ou Luiza Rennó Moreira) foram fundadas diversas instituições de ensino nessa pequena cidade, que depois viraram referência nacional de educação voltada pela tecnologia. Escola Técnica, Instituto Nacional de telecomunicações (INATEL), incubadora municipal… E que anos depois criaram o meio ambiente necessário e propício para a cidade de SRS lançar e desenvolver um dos principais eventos de inovação e tecnologia do nosso país.

É um evento de concepção pública, mas de gestão privada!  Poderosa essa combinação!!

Ou seja, são distintos pois tiveram origem diversas…

SXSW na música. HACKTOWN na inovação e tecnologia.

Mas são complementares e similares pois “invadem” cidades específicas que os recebem muito bem.

Mas a escala de ambos é incomparável.!

Austin possui uma das universidades públicas mais renomadas dos USA (University of Texas) que possui 40 mil alunos. A população total de SRS é de 42 mil pessoas!! E mesmo com o INATEL sendo uma das referências nacionais do ensino relacionado as telecomunicações é difícil fazer uma comparação entre as duas cidades. Não é por aí…

Com certeza a comparação deve ser feita analisando os assuntos que são discutidos e explorados pelas curadorias dos dois eventos anuais. Ambas extremamente conectadas com o momento e o contexto atuais.

Quando falamos em inovação normalmente nos lembramos de tecnologia, mas ambos eventos demonstram que esta associação é superficial.

Na verdade, a gama de assuntos que foram discutidos esse ano em SRS nas suas mais de 800 palestras no decorrer de 4 dias, extrapolam e muito a tecnologia, abordando diversos assuntos como sustentabilidade, alimentação, música, feminismo, arquitetura, café… enfim assuntos relativos à conexão dos seres humanos com o momento em que vivemos.

E tudo isso em um formato presencial descentralizado com palestras e workshops acontecendo em mais de 30 lugares distintos de SRS. Sem fila!  Sem stress!!! Com a maioria dos traslados acontecendo a pé entre os locais das palestras, nunca a mais de 1km de distância entre eles.

Tudo isso regado pela hospitalidade e culinária mineira.

Um evento imperdível se você gosta de eventos ou de inovação. Ou ambos!

P.O. de Almeida – Foto: Divulgação

Sobre o autor

Formado em Administração de Empresas pela PUC-SP com curso de especialização em Comércio Exterior pela FGV-SP, possui mais de 30 anos de experiência professional na área de marketing e vendas.

Foi um dos responsáveis pela introdução do conceito de Trade Marketing na Unilever nos anos 90 e desde 1996 atua na área de entretenimento, primeiro em uma empresa de TV por assinatura via satélite aonde desenvolveu estratégias para os consumidores ficarem em suas residências ( “In Home Entertainment” ) e mais recentemente atuando no Mercado de “Live Marketing” em diversas empresas do setor aplicando os seus conhecimentos para os consumidores saírem das suas residências ( “Out Of Home Entertainment”). 

Entre os produtos de “Live Marketing” que já tiveram a sua contribuição com foco mais na área comercial/marketing:

  • Musicais: Les Miserables / Fantasma da Ópera / Bela e a Fera
  • Festivais: Rock in Rio Lisboa / Rock In Rio Madrid / Sertanejo Pop Festival
  • Plataformas de Marcas: Roda Skol no RJ
  • Naming Rights: Teatro Abril – Hoje Teatro Renault / Credicard Hall – Hoje Unimed Hall
  • Feiras de Negócios: FEICON , AUTOMEC  EQUIPOTEL  FENASUCRO
  • Eventos Proprietários: Salão do Automóvel e o Salão Duas rodasEntre as empresas que já trabalhou podemos mencionar:
  • REED Exhibitions: Chief Growth Officer durante 8 anos ( 2012 até Abril 2020)
  • XYZ Live: Empresa produtora de shows e eventos esportivos do grupo ABC ( 2010 até 2012)
  • DREAM FACTORY: Empresa produtora do Rock In Rio (Grupo Artplan)  (2006 até 2010)
  • TIME FOR FUN –T4F : Empresa Líder no mercado de entretenimento ao vivo (2001 até 2006)
  • DIRECTV: CMO da empresa do lançamento até chegar a 500 mil assinantes (1997 até 2001)
  • UNILEVER: 1988 Management Trainee até 1997 Gerente da Trade Marketing Elida Gibbs

Atualmente é consultor na área de ENTRETENIMENTO AO VIVO e BRAND
ACTIVATION, através da empresa LIVE MARKETING CONSULTORIA. 

É colunista do Meio&MensagemPromoview e Portal Radar
Além de co-Autor do Livro ”Marketing do Entretenimento” em parceria com Prof. Marcos Cobra FGV -SP.

Relacionados

Congresso em SP discute o futuro do setor de eventos no país

2ª edição da Conferência Empresarial ESG Racial será realizada em São Paulo

Expo Favela Innovation Brasil grande evento acontece no Expo Center Norte, em São Paulo

RX reduz 40% do lixo em seus eventos no Brasil