Página Principal Revista EBS

Entidades internacionais buscam tranquilizar mercado de eventos após cancelamentos por conta do Coronavírus

Associações da indústria corporativa entraram em cena para tranquilizar os visitantes de eventos e feiras, principalmente das que serão realizadas na Europa, em relação à epidemia de Coronavírus Covid-19

Associações da indústria corporativa entraram em cena para tranquilizar os visitantes de eventos e feiras, principalmente das que serão realizadas na Europa, em relação à epidemia de Coronavírus Covid-19, depois que ele forçou o cancelamento do Mobile World Congress em Barcelona, Espanha.

O importante evento deveria ocorrer de 24 a 27 de fevereiro na Fira Barcelona, ​​mas foi cortado após a saída de grandes expositores, citando temores por conta da disseminação do vírus e interrupções nas viagens.

A presidente da UFI, Mary Larkin, divulgou uma declaração dizendo: “Temos simpatia e apoio a todos os afetados pelo atual surto de COVID-19, direta ou indiretamente. A indústria de exposições e eventos existe para fornecer plataformas para que pessoas e indústrias se encontrem, negociem e colaborem”.

Para Mary, esses eventos são especialmente importantes em tempos de crises. “É nossa obrigação manter oportunidades para que as pessoas se encontrem sempre que possível. Pequenas e médias empresas em todas as indústrias, em particular, dependem de exposições. E, como todos os tipos de eventos, eles apoiam a economia em todo o mundo. Confirmamos que apoiamos os mercados e as comunidades que atendemos e somos resilientes em tempos difíceis. Estamos prontos para demonstrar isso de novo e faremos nossa parte para superar a situação atual”.

Alemanha emite declaração

A AUMA, a Associação da Indústria Alemã de Feiras, também divulgou uma declaração: “Na Alemanha, todas as feiras acontecerão conforme o planejado. Os organizadores da feira alemã estão em contato próximo com as autoridades de saúde pública. Atualmente, eles não veem razão para limitar a realização de feiras. A saúde dos visitantes, expositores e participantes adicionais tem prioridade máxima.

Segundo a declaração, os organizadores da feira alemã tomaram inúmeras medidas para proteger da melhor forma possível a saúde dos participantes da feira. “Essas medidas variam de saneamento específico a serviços médicos no local e são baseadas em recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e organizações científicas reconhecidas, como o Robert-Koch-Institut”, finaliza.

“As feiras na Alemanha representam a melhor proteção possível à saúde, a fim de garantir a característica internacionalmente apreciada de conectar visitantes e expositores de todo o mundo”.

Relacionados

EXPO RETOMADA convoca participantes para retestagem de covid

Prefeitura cancela Oktoberfest Blumenau 2021

EXPO RETOMADA reafirma protocolos para retorno seguro dos eventos de negócios

EXPO RETOMADA recebe mais de 800 visitantes testados em Santos

HSM Expo aposta em formato híbrido

ABCasa Fair volta ao calendário de eventos da capital paulista

Tendências para os Eventos 4.0

ABEOC Brasil tem parceria com Câmara Nacional de Arbitragem de Eventos e Turismo