Página Principal Revista EBS

Governo de São Paulo vai intensificar conversa com setor de eventos

Patrícia Ellen, Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Patrícia Ellen, Secretaria de Desenvolvimento Econômico / Foto: Divulgação
Governo do Estado de São Paulo em coletiva de imprensa em 11 de maio

Publicado em 11/05/2020

Na coletiva do dia de hoje, o governador do Estado, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, acaba de anunciar, junto aos secretários estaduais novas medidas contra o coronavírus.  

Entre as medidas estão a distribuição de 10 mil cestas básicas, provenientes de agricultura familiar, para aldeias indígenas e comunidades carentes, e a entrega de 8 mil botijões de gás, pela Ultragaz, para moradores do Jardim Pantanal, em São Paulo, que beneficiará 32 mil pessoasA empresa também tem doado 40 mil quilos de gás por mês para os Hospitais de Campanha da Capital.

O governador João Doria declarou que, mesmo com a quarentena, 74% da economia do Estado de São Paulo continua em funcionamento, desde o início da pandemia, mesmo com a quarentena.

Intensificar conversa com o setor de eventos

Hoje, mais de 80 setores continuam em pleno funcionamento, disse Patricia Ellen, secretária de desenvolvimento econômico, ciência e tecnologia do Estado de SP.

Entro os setores em funcionamento estão setor agrícola, alimentação, comunicação, construção civil, hotelaria, agropecuária, indústria, saúde, segurança, transporte, logística, serviços domésticos, etc.

A secretária ainda revelou que o setor bastante afetado, pela pandemia, é o de eventos. “Vamos intensificar o diálogo com esse setor, buscar soluções, com desafio de proteger vidas, lembrando que esse setor não foi liberado ainda em nenhum lugar do mundo”, disse.

Fonte: Redação

Leia também:

Relacionados

Anunciadas as datas para retomada de eventos em SP

Setor de eventos deve ter novidades em 07 de julho

Seguindo decreto Itaipu volta fechar para o turismo

Plano do Paraná para movimentar economia a partir do turismo

Capital Paulista avança de fase, mas feiras e eventos não têm previsão de retorno

Revista EBS apoia a Expo Retomada

Indústria 4.0 e a recuperação econômica do setor de eventos

Instituto Bandeirantes apoia o Movimento Supera Turismo Brasil