Página Principal Revista EBS

Governo de SP anuncia ajuda de R$ 125 milhões em crédito e inclui setor de eventos

Foto: Pixabay
Além do fornecimento de empréstimos a juros baixos, suspensão de corte de gás e água e possibilidade de parcelar contas sem juros foram anunciadas

Publicado em 03/02/2021

Durante a coletiva de imprensa dessa quarta-feira (3), o Governador de São Paulo, João Doria, anunciou que os setores de turismo, eventos, comércio e gastronomia do estado de São Paulo receberão um pacote de auxílio de R$ 125 milhões em crédito pelo Banco do Povo e o Banco Desenvolve SP, além da suspensão de dívidas e parcelamento de contas.

Os empréstimos serão concedidos “a juros baixos” e “com velocidade sem burocracia” para valores expressivos, de acordo com o governador.

Além disso, também foi anunciada a suspensão no corte de fornecimento de gás e água para todos os estabelecimentos comerciais até 30 de março. As contas pendentes ainda poderão ser parceladas, sem multas ou juros, por até 12 meses.

Todas as condições especiais dessas linhas serão apresentadas na sexta-feira, mas no caso do Banco do Povo, são as menores taxas do mercado. Estamos operando com juros de 0.35, 0.7% nesse momento emergencial e inclusive em juros zero em parceria com o Sebrae para os casos mais críticos de empreendedores que estão precisando desse auxílio neste momento”, afirmou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo.

A partir do dia 04 de fevereiro de 2021, protestos de débitos inscritos na dívida ativa pública do Estado de São Paulo estarão suspensos por 90 dias “para que os empresários tenha capacidade de conseguir financiamentos e também negociar suas dívidas”, afirmou João Doria.

Medidas restritivas no Estado de São Paulo

A previsão inicial era de que as medidas restritivas, anunciadas em 25 de janeiro, se estendessem pelo menos até a próxima segunda-feira (8). Mas no início desta semana, Doria afirmou que os índices de internações pela covid-19 diminuíram no Estado e que, se permanecessem com tendência de queda, suspenderia as medidas de restrição.

Os estabelecimentos comerciais, antes proibidos de abrir aos finais de semana, voltam a ter permissão para funcionar todos os dias da semana, nas regiões que estão na fase laranja do Plano São Paulo.

Fonte: Governo de SP

Relacionados

Oktoberfest é cancelada novamente

Show-piloto: bons tempos de volta na Inglaterra, pelo menos por uma noite

Em Barcelona, show teste para 5.000: não há sinal de contágio de Covid-19

“ABCasa Live On” terá um mês de lives com os melhores fornecedores do Brasil

Acreditando no reaquecimento do mercado, Hilton assume Almenat em São Paulo

Santos é candidata a sediar importante congresso da área da saúde

Lições do CES 2021 para gerar receita com eventos virtuais

SP poderá ter eventos com 25% da capacidade na fase de transição