Página Principal Revista EBS

Ministério da Saúde recomenda cancelamento apenas de eventos em massa

O governo ainda pediu para que se o evento não puder ser cancelado ou adiado, seja realizado sem público

O Ministério da Saúde, por meio de uma videoconferência transmitida pelo nesta sexta-feira (13/3), fez nova recomendações gerais para os estados do Brasil e outras específicas para os locais com transmissão local e comunitária do novo coronavírus (COVID-19). Uma delas é o cancelamento ou adiamento de grandes eventos, sejam eles governamentais, esportivos, culturais ou políticos.

Eventos e atividades em locais fechados com aglomeração (a partir de 500 pessoas), sejam eles governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e outros: os organizadores ou responsáveis, devem cancelar ou adiar, se houver tempo hábil. Não sendo possível, recomenda-se que o evento ocorra sem público.

Entre os eventos já cancelados e/ou adiados estão: Intermodal, Feicon Batimac e Laad Security.

Relacionados

Lideranças avaliam turismo corporativo em 2022

Maior feira de soluções para saúde do mundo realiza primeira edição presencial no Brasil

Feira EBS anuncia 80% de comercialização da planta 2022

Eventos cadastrados no Calendário do MTur mais que triplica em dois meses

ESTÉTICA IN RIO mostra um mercado propício aos bons negócios

GL events tem nova estrutura organizacional no Brasil

“ESG – Estamos ESGotados”- AMPRO expõe condutas equivocadas

As soluções apresentadas pelas eventechs serão tema do Congresso MICE Brasil 2022