Página Principal Revista EBS

Grande São Paulo e outras 5 regiões entram na fase verde, com a liberação dos eventos

Foto: Freepik
Nessa fase será permitida a realização de eventos com até 600 pessoas

Publicado em 09/10/2020

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (9) o avanço da Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté para a fase verde do Plano São Paulo de controle da pandemia e retomada consciente de atividades econômicas não essenciais.

Após 130 dias de vigência, o Plano São Paulo também passa por nova recalibragem de indicadores, áreas de monitoramento e normas de abertura do comércio para flexibilização da quarentena.

“Agora, 76% da população do estado segue para a fase verde do Plano São Paulo, incluindo a capital”, afirmou o Governador. “Essas regiões terão um pouco menos de restrições no seu dia a dia, de acordo com as indicações do Plano São Paulo”.

Veja também:
“Testagem!” para manter os negócios funcionando no mercado de eventos e feiras
A partir de Outubro, eventos para até 600 pessoas estão liberados em SP

Pela primeira vez, é alcançada a penúltima fase mais branda de uma escala de cinco etapas do Plano São Paulo. A reclassificação vale de sábado (10) e até o dia 16 de novembro. Na fase verde, o rol de permissões para atendimento presencial com restrições de acesso e protocolos sanitários é ampliado para atividades culturais, convenções e eventos sociais ou de negócios.

protocolos fase verde São Paulo

As regiões de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto São João da Boa Vista e São José do Rio Preto prosseguem na etapa amarela. Já a região de Barretos teve piora nos índices de avanço da pandemia e regride para a fase laranja.

Regiões SP, separados por fases

Todas as alterações foram avalizadas pelos Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo. O grupo de especialistas também divulgou nota técnica publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta (9) com detalhes da recalibragem do Plano São Paulo.

Agora, a evolução da pandemia será considerada na comparação entre as médias móveis de novos casos e mortes dos últimos 28 dias e o período epidemiológico equivalente imediatamente anterior. Antes, as médias eram comparadas em espaços de sete dias.

Mais informações estão disponíveis no Diário Oficial do Estado e também no resumo da reclassificação do Plano São Paulo.

Fonte: Governo do Estado de SP

Relacionados

Um formato de sucesso!

OHL Americas, promovido pela Hospitalar, encerrado com sucesso

Ceará promoverá evento para simular a realização de eventos com segurança

Os testes rápidos podem ajudar na retomada dos eventos presenciais?

expo retomada

O retorno da indústria de Eventos no Brasil

O primeiro dia da Expo Retomada no São Paulo Expo

“O pós-crise dos eventos” é tema na Expo Retomada

A reinvenção do mercado de eventos em 2020, com Guilherme Miotto