Página Principal Revista EBS

“Testagem!” para manter os negócios funcionando no mercado de eventos e feiras

Foto: Pixabay
Com a testagem será possível a retomada das atividades do mercado de feiras e eventos e, consequentemente, a recuperação da economia

Publicado 08/10/2020

A UFI – a Associação Global da Indústria de Exposições, e a SISO – Sociedade para Organizadores de Feiras Independentes, convocam os governantes em todo o mundo para capacitar as melhores soluções de políticas para manter o fluxo de pessoas, produtos e serviços em feiras e eventos – e assim, ativar os potenciais de testes rápidos de antígeno COVID.

“Em todo o mundo, a pandemia COVID-19 já causou uma recessão global diferente de tudo o que vimos em gerações. No futuro, e até que a comunidade global desenvolva e implemente programas de vacinação, temos que encontrar as melhores soluções possíveis para manter o fluxo de pessoas, produtos e serviços. Isso é necessário para estabilizar os negócios, para evitar dificuldades econômicas para os cidadãos em todo o mundo, pois os programas de apoio do governo estão sendo reduzidos ao longo do tempo.

Diz a declaração, assinada pela presidente da UFI, Mary Larkin (presidente da Diversified Communications, EUA) e pelo presidente da SISO, Doug Emslie (presidente do grupo, Tarsus Group).

A indústria de feiras e eventos possui uma das habilidades mais importantes para qualquer recuperação econômica: ela monta e opera os locais de mercado e locais de encontro para as indústrias e comunidades se reunirem para gerar negócios. 

Feiras e exposições são eventos organizados, reconhecidos pela OMS e governos. Eles não são encontros de massa desorganizados. Nos últimos meses, centenas de feiras de negócios ocorreram, principalmente na Ásia, Oriente Médio e Europa, com medidas de saúde e segurança em vigor, com base nos padrões globais da indústria e alinhadas com as regulamentações locais. 
Nenhum deles causou um surto de COVID .

Ainda: A partir de Outubro, eventos para até 600 pessoas estão liberados em SP

Ao mesmo tempo, centenas de feiras de negócios relevantes precisam ser canceladas ou adiadas, pois os compradores e vendedores não podem planejar sua participação, principalmente devido às restrições de viagens e às rápidas mudanças nos regulamentos de quarentena. 

Para que as economias se recuperem, para que os setores se reiniciem, a comunidade empresarial precisa de clareza e regulamentos confiáveis ​​para os próximos meses.

A testagem rápida de antígeno COVID é confiáveis ​​e estão se tornando amplamente disponíveis. Esses testes rápidos fornecem a melhor solução para criar um ambiente seguro para a realização de eventos de negócios gerenciados. Pedimos aos governos e autoridades que sigam uma abordagem de “teste antes da quarentena” para viagens e atividades de negócios.

O teste rápido pode ser aplicado antes e depois do vôo e nos pontos de entrada para eventos – substituindo a necessidade de pessoas ficarem em quarentena se os testes forem negativos. 

Combinado com as medidas de segurança existentes em torno dos eventos, isso criará uma estrutura segura e confiável para os profissionais de negócios se engajarem e podem superar o impasse atual que está causando danos econômicos adicionais a cada dia.

E também: Entrevista: CEO do Grupo EventoFacil fala sobre a EBS Virtual e a retomada dos eventos presenciais

Como setor, estamos prontos para implementar testes rápidos processados ​​em torno de nossos eventos organizados. Pedimos aos governos e autoridades que trabalhem com nosso setor, para ativar nosso conhecimento e experiência, para garantir que as empresas possam se encontrar e fazer negócios durante a atual pandemia. ”

Fonte: UFI Blog

Relacionados

WTM-LA 2021 foi adiada para 23 a 25 de junho

Os testes rápidos podem ajudar na retomada dos eventos presenciais?

expo retomada

O retorno da indústria de Eventos no Brasil

O primeiro dia da Expo Retomada no São Paulo Expo

“O pós-crise dos eventos” é tema na Expo Retomada

Grande São Paulo e outras 5 regiões entram na fase verde, com a liberação dos eventos

O Futuro dos Eventos no Brasil será tratado na Expo Retomada

manifestação BH

Profissionais de eventos fazem pedido de socorro em BH