Página Principal Revista EBS

Brasil tem primeiro caso de Coronavírus confirmado

Imagem: Pixabay
Exame de contraprova realizado pelo Instituto Adolfo Lutz deu positivo. Brasil se torna o primeiro país da América Latina com um caso confirmado da doença

Está confirmado o primeiro caso de Coronavírus no Brasil. A pessoa infectada é um homem de 61 anos, residente em São Paulo/SP, que retornou de viagem a trabalho para a Itália, na região da Lombardia (região norte), no período de 9 a 21 de fevereiro, e teve início de sintomas (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza) compatíveis com a suspeita da doença. Segundo o Ministério da Saúde, o indivíduo está bem, com sinais brandos e recebeu as orientações de precaução padrão.

O anúncio do primeiro caso no Brasil foi dado no dia 25 de fevereiro, após o Hospital Israelita Albert Einstein registrar a notificação de caso suspeito de Doença pelo Coronavírus 2019 (COVID-19). No atendimento, adotou todas as medidas preventivas para transmissão por gotículas, coletou amostras e realizou testes para vírus respiratórios comuns e o exame específico para SARS-CoV2 (RT-PCR, pelo protocolo Charité), conforme recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O primeiro teste deu positivo para COVID-19. Com o resultado preliminar realizado e de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o hospital enviou uma segunda amostra para o laboratório de referência nacional, Instituto Adolfo Lutz, para contraprova. Com a confirmação da contraprova do exame, o homem de 61 anos residente em São Paulo, passa a ser oficialmente o primeiro caso da infecção no Brasil, assim como o Brasil passa a ser o primeiro país da América Latina com um caso confirmado da doença.

As Secretarias Estadual e Municipal de Saúde estão realizando a identificação no domicílio, hospital e voo, com apoio da Anvisa junto à companhia aérea, dos passageiros que voaram com o brasileiro contaminado pelo coronavírus. A Anvisa também informou em nota que reforçará os alertas para passageiros de voos que chegam do exterior, principalmente dos países onde já foram registrados casos da doença.

Leia mais:

Epidemia de Coronavírus: Estratégia e diretrizes para organizadores de eventos corporativos

Relacionados

Covid escancara desigualdades e impõe desafios à gestão de RH

Show reúne 5.000 pessoas em Barcelona, após testes de covid-19

Setor de eventos perde R$ 270 bilhões durante a pandemia

Inglaterra prevê a retomada de eventos para 21 de junho

Movimento Unidos pela Vacina é lançado

Aprovada urgência para o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos

Indústria de feiras encolheu 68% em 2020, segundo estudo

Governo de SP anuncia ajuda de R$ 125 milhões em crédito e inclui setor de eventos