Página Principal Revista EBS

Segmento MICE espera alcançar US $ 1.439,3 bi até 2025

gráfico com seta para cima
(Imagem ilustrativa (Pixabay)
Relatório aponta que houve um aumento na presença de indústrias corporativas em todo o mundo

De acordo com o relatório publicado pela Allied Market Research, “Setor de MICE por tipo de evento: análise de oportunidade global e previsão do setor, 2018 – 2025”, o segmento MICE (reuniões, incentivos, conferências e exposições) cresceu US $ 805 bilhões em 2017 e tem a projeção de atingir US $ 1.439,3 bilhões até 2025.

O setor possui um nicho especializado no turismo em grupo dedicado ao planejamento, reserva e facilitação de conferências, seminários e outros eventos, e é considerado o maior contribuinte de receita para o setor de viagens.

O segmento é composto por participantes, patrocinadores, planejadores, agências de convenções e visitantes, locais de reunião, acomodações e fornecedores geralmente envolvidos no planejamento e execução de um evento.

O setor fornece métodos fáceis e convenientes para organizar eventos e ajuda a escolher o destino certo, que forma a base de um evento bem-sucedido.

Segundo o relatório, houve um aumento na presença de indústrias corporativas em todo o mundo, o que resultou na frequência de atividades de negócios, como reuniões com clientes, promoções de marcas e atividades de treinamentos de funcionários, além de promover as pequenas e médias empresas, entre outros fatores.

Por região, o mercado foi estudado em quatro regiões: América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e Latin America, Middle East & Africa (América Latina, Oriente Médio e África).

O estudo mostrou que a indústria de MICE é dominada pela Europa e Ásia-Pacífico, já que representa quase 70,4% de participação de mercado em 2017 e deverá testemunhar um aumento de 6,9% a 8,6% até 2025.

Segmento em plena ascensão

Para Shankar Bhandalkar, analista sênior de pesquisa de bens de consumo da Allied Market Research, as tendências recentes do setor de MICE, como o aumento das mídias sociais, experiências personalizadas, mudança para elementos virtuais e aumentados e demanda por espaços não tradicionais para eventos, contribuíram, portanto, para o impulsionamento no mercado global e fornecerão caminhos para o crescimento no futuro.

Além disso, a expansão do crescimento do setor de viagens e turismo, bem como o setor de hospitalidade, aumentaram ainda mais o crescimento desse segmento.

Clique aqui e leia o relatório na íntegra (texto em inglês).

Leia também:

Turismo de negócios no Brasil tem alta de 9,5% em 2019

Diversidade e Inclusão no MICE

Relacionados

Fornecedores do setor de eventos preparados para a retomada das atividades

Centro de Convenções Rebouças atua na linha de frente da Covid-19

drive-in são paulo

Drive-in chega ao Memorial da América para a retomada

Protocolos de SP para eventos e turismo, mas sem data de reabertura

“Transformações do consumo para o futuro” – webinar FOHB

Cancelamentos de eventos podem deixar 3 milhões sem trabalho

LATAM se prepara para retomada das operações

Patrícia Ellen, Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Governo de São Paulo vai intensificar conversa com setor de eventos