Página Principal Revista EBS

Setor de eventos perde R$ 270 bilhões durante a pandemia

Foto: LKZ Miranda/ Pixabay
Câmara discute programa emergencial para ajudar as empresas do setor

Publicado em 25/02/2021

O setor de eventos registrou prejuízo de R$ 270 bilhões com a pandemia do novo coronavírus entre março e dezembro do ano passado. As perdas levaram ao desemprego de 3 milhões de pessoas e, por isso, empresários pedem a aprovação, pela Câmara, do projeto de lei que cria um programa emergencial de retomada e facilitação do parcelamento das dívidas de impostos.

O segmento representa 13% do Produto Interno Bruto (PIB) e tem 60 mil empresas que dependem diretamente da realização de eventos para funcionar, além de 2 milhões de microempresários. 

Para tentar minimizar os danos, empresários se reuniram para apoiar o projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados e que prevê facilidades em cima dos impostos tributáveis, assim como o abatimento de 70% nas multas e juros, além de outras medidas para garantir a sobrevivência do setor.

Fonte: CNN Brasil

Ainda: Retomada dos eventos na Inglaterra deve acontecer em junho

Relacionados

AMPRO divulga line-up do 5º Congresso Brasileiro de Live Marketing

Alagev dá início à Jornada Virtual pré-LACTE com cerca de 180 participantes

Como ser pequeno e médio empresário no Brasil no pós-pandemia

Centro de Convenções Rebouças é palco da ABSOLAR, evento que debate os avanços da energia solar

AMPRO adere a movimento do setor de eventos contra o veto 19/2021

Linha de crédito de R$ 408 milhões para o setor de eventos de cultura e entretenimento

Marcando a retomada dos grandes eventos, São Paulo sedia o 5º FAM Festival – Food, Art & Music

Experiência do Cliente: o sucesso dos eventos